Seguidores do Saber !

Direitos de Imagens

Direitos de Imagens
Toda imagem visualisada neste blog,são de origem do Google

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Ritalina em criança, a droga da obediência para TDAH /DDA


Há 30 anos atrás, quando eu comecei a atender crianças hiperativas, não se tratava o TDAH com a ritalina. Essas crianças evoluíam dentro da sua hiperatividade, que internalizava na puberdade como um sentimento de aflição no peito, e iam vivendo a duras penas, evoluindo com outras doenças em paralelo.
Fiquei chocada, passada, com o conteúdo do artigo. Estamos em plena era do avanço das neurociências, dos estudos sofisticados de Neuroimagem, farmacogenética, onde vemos o cérebro em pleno funcionamento, suas áreas hipoativas, velocidade de perfusão sanguínea, espessura de córex cerebral e muitas outras coisas. Para não falar do desenvolvimento galopante da neurogenética, chegando cada vez mais perto das alterações neuroquímicas que ocorrem no cérebro a cada instante... Soa pra mim como o ditado popular de "cuspir no prato em que se come". Já foi tempo em que se tratava síndrome do pânico somente no divã de Freud! Eu fico triste pelas crianças, adolescentes e adultos que são portadoras de doenças mentais ou emocionais, tamanho o desconhecimento da sociedade em relação a elas. Quanto aos laboratórios, vamos pedir a Deus, nosso Pai, que eles continuem investindo na Neurociência, área tão atacada por tanta gente. Só quem tem um filho que não consegue aprender ou que sofre de uma depressão ou algo do gênero é que pode entender como o homem precisa descobrir a chave do segredo. Fala-se em FRAUDE. Que fraude? Remédios tomados em excesso. Aonde? Até bem pouco tempo se achava que criança não sofria de problema emocional. Coitadinhas!!!... E agora, que estamos engatinhando em busca de uma luzinha no fim do labirinto e algumas crianças começam a se beneficiar de medicamentos adequados e específicos, começam a dizer que tudo isso é uma FRAUDE!? Fala sério. Discordo plenamente. Continuo dizendo que a vida segue o seu curso e a gente tem que acompanhar. Senão, fica demodê e é excluído do sistema. Enquanto os olhos piscam a Neurociência avança e muitas descobertas podem ser alcançadas. Ou será que a pessoa ainda acredita que todo obeso é feliz e come até explodir porque quer? Que a criança, coitada, não aprende porque não quer nada com a hora do Brasil? Ah, não posso acreditar... Será que alguém quer ficar burro simplesmente por querer? Preguiça? Fala sério! Será que alguém acredita que ritalina deixa criança letárgica? Essas crianças conseguem ser donas de suas próprias vontades, ter o controle dos seus impulsos em suas mãos e ainda se diz que o remédio e o tratamento são perversos? Triste daquele que tem uma doença que não tem remédio

Fonte da Pesquisas via google e Imagem:
Por evelynvin
Autor : Caetano Cardoso
Links importantes :
http://www.tdah.org.br
http://www.tdahemfoco.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Crianças Felizes Demais Nosso Blog!