CLIQUE EM Nossos anuncios.

CLIQUE EM Nossos anuncios.

Seguidores do Saber !

Direitos de Imagens

Direitos de Imagens
Toda imagem visualisada neste blog,são de origem do Google

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Você no Divã Psicologia parte I


Hoje vamos postar algumas dicas propostas por alguem que vem tratando o problema "falta de atençao" por mais de 25 anos, embora, como ele mesmo diz, nao seja especialista em TDAH especificamente. O Dr Durval Guelfi eh psicologo, autor de livros de auto-ajuda e atende em seu consultorio em Sao Paulo.

Estou certa de que suas dicas e conselhos serao utilissimos para nos, alem de bem aproveitados.

Obrigada mais uma vez pela contribuiçao, Dr Guelfi!
Serao sempre bem-vindas suas dicas e observaçoes.



Pedi ao Dr Durval que nos enviasse algumas palavras sobre sua experiencia no assunto.
______

Não é fácil expor em poucas linhas uma idéia que levou anos para se estruturar, mas tentarei dar uma “amostra” do que quero dizer e do que venho fazendo nestes últimos 25 anos.
Devo dizer que a maioria das pessoas, principalmente psicólogos, acha o processo extremamente simples para ter qualquer importância. Entretanto, as pessoas que se dispõem a aplicar os exercícios propostos, verificam logo de início que a coisa faz sentido e não é tão simples assim.
Mas a única maneira de se saber o gosto da laranja é provando-a. Ninguém pode explicar o gosto da laranja. Com os exercícios que proponho ocorre o mesmo. Não há palavras para explicar o seu efeito.

Se você fizer o exercício abaixo, por favor mande-me seus comentários para que eu possa lhe mandar outros.


EXERCÍCIO - Entrando em contato com você mesmo.


Sente-se em uma cadeira e olhe para um objeto qualquer situado a uns poucos metros à sua frente. Concentre a sua atenção nesse objeto, durante 10 segundos. Observe detalhes desse objeto.

Agora deixe de olhar o objeto, baixe os olhos, e olhe para você mesmo. Olhe para você, para sua roupa, seus braços, suas mãos, como se você também fosse um objeto de observação. Concentre a sua atenção em você, como você concentrou no objeto exterior.

Faça isto sem fazer nenhum juízo, nenhum questionamento, simplesmente olhe.

Faça de novo o exercício e repare que quando você olhou para o objeto se você concentrou nele sua atenção você só teve consciência do objeto como se só ele existisse.

Do mesmo modo, quando você olhou para você mesmo o objeto desapareceu da sua consciência e você só teve consciência de você mesmo.

Ao fazer o exercício outras vezes você não precisa mais olhar para um objeto, simplesmente baixe os olhos e olhe para você mesmo durante alguns segundos. . .Você terá consciência de você mesmo! Você estará direcionando o seu pensamento, conscientemente, para você mesmo!

Ao fazer este exercício não faça nenhum juízo, nenhum questionamento, nenhum comentário. Limite-se a olhar para você.

O controle do pensamento começa com este exercício. Faça-o algumas vezes. Você estará começando a aprender a olhar para você mesmo. Estará aprendendo a ter consciência de você mesmo. Com o hábito este exercício se torna repousante e você o fará exatamente por isso.

Neste exercício você pode perceber que você passa quase toda a sua vida olhando para fora de você mesmo. Você só percebe as pessoas e coisas que estão ao seu redor, como se só elas existissem. Geralmente não nos damos conta de nós mesmos.
______

Devido a diferentes reaçoes podemos fazer assim: cada um faz o exercicio e posta aqui seus comentarios. Eu tambem postarei exatamente aquilo que escrevi ao Dr Durval em resposta ao exercicio.


Fonte da Pesquisa
e Imagem do google
http://discutindotdah.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Crianças Felizes Demais Nosso Blog!