Seguidores do Saber !

Direitos de Imagens

Direitos de Imagens
Toda imagem visualisada neste blog,são de origem do Google

quinta-feira, 7 de abril de 2011

A busca do conflito


Depois de receber o diagnóstico de TDAH e saber que a maior parte do tratamento viria do fato de aprender o máximo possível sobre o transtorno, comecei dia após dia buscar informações em livros, sites, grupos na internet e também com outras pessoas TDAH.

Um dos aspectos mais interessante que descobri sobre o TDAH é a eterna busca por conflitos, que quase todos tem. Aspecto este, que tenho desde criança e que ficou mais intenso quando me mudei para o Mato Grosso em 1982.

Neste ano passei a ter menor acompanhamento escolar pela familia o que me possibilitou, assim dizendo ser mais "eu". A minha sorte, que por ser do tipo franzino, eu nunca partir para os conflitos físicos, o que pioraria muito o problema.

Mas era só ter a oportunidade e lá estava eu querendo travar uma batalha, fosse por qualquer coisa. Muitas pessoas diziam que isto era apenas um comportamento rebelde, mas ai esta a diferença para o TDAH, na maioria das vezes estamos poucos interessados no assunto do conflito o que queremos é senti-lo.

Passar pela experiência funciona quase como o efeito de uma droga, dá prazer e satisfação. Como já sabemos isto não dura pra sempre e depois vem sempre o resultado em forma de notas baixas, advertências, suspensões e outras punições escolares.

Por isso que nesta busca por conflitos sem razões: os TDAH e os não TDAH devem evitá-los ao máximo, já que o TDAH fara de tudo para fazé-lo durar o maior tempo possível.


Carlos Rabelo


Fonte Texto E Imagem
http://mundotdah.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget