Seguidores do Saber !

Direitos de Imagens

Direitos de Imagens
Toda imagem visualisada neste blog,são de origem do Google

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Influência Musical na Infancia




Exploração de diferentes instrumentos feitos com materiais diversos, para verificar a duração do som produzido por esses materiais; “Tocar” um espiral (de caderno) para percebermos que, por mais que nos pareça um som único, ele possui pausas, ou seja, o silêncio entre os sons dá um limite para cada duração.

ATIVIDADE 1 – Escravos de Jó

Os colegas irão jogar escravos de Jó algumas vezes para pegar bem o tempo (pulso ou unidade) da música. Depois farão sem cantar a letra para verem como nós conseguimos manter o tempo, apenas pelo ritmo e sua duração. Continua jogando mesmo sem a letra e sem a melodia, apenas mantendo o tempo da música.

ATIVIDADE 2 – Alongar as sílabas da palavra

Cada grupo irá falar uma palavra com tempos de duração diferentes.

Variante: Sons dos animais – Os grupos irão imitar um animal e depois comparar os sons emitidos, dizendo quais tem uma maior ou menor duração.

ATIVIDADE 3 – Olhos fechados, olhos abertos

Enquanto o som do gongo/pratos de bateria tocar, os olhos devem permanecer fechados para “sentir” a duração do som, assim que o som parar, os olhos devem ser abertos.

ATIVIDADE 4 – Anotar ou fazer marcas para mostrar como é o som

Sons serão emitidos em ritmos diferentes, os colegas deverão anitá-los de acordo com sua percepção da duração do som.

Obs. Para não dirigir a escrita espontânea, a professora Leda aconselha não solicitar que desenhem ou que escrevam o som. Os conceitos de desenho ou de escrita poderão limitar a escrita das propriedades do som.

A tividades propostas por Cristiane, Francine , Karina e Michelle T.

Fonte do texto e Imagem Blog Citado -->http://musicapedagogia.blogspot.com/

Um comentário:

  1. Poxa, muito interessante esta arte.Isto me dá esperanças de que voces dedicadas na arte de ensinar possam fazer a revolução do ensino.Sao dedos de Deus neste meio, tão importante e tão despresado pelas autoridades.Dá uma angustia vere esta coisa cada vez menos prioritaria nas cabeças destes vazios dirigentes.Gostaria de ler mais sobre esta tecnica.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget