Seguidores do Saber !

domingo, 18 de julho de 2010

Transtorno de Humor Bipolar






Todos nós temos alterações de humor, não somos uma constante, em alguns dias estamos mais tristes e em outros mais alegres, o que diferencia uma pessoa com Transtorno de Humor Bipolar daquela com as flutuações normais do humor é a intensidade destas oscilações. Anteriormente o Transtorno Bipolar era denominado Doença Maníaco-Depressiva. Embora o conhecimento sobre o Transtorno Bipolar seja relativamente recente, quadros clínicos com suas características são descritos já no século I a.C. (Wang, 2005). Hipócrates, que procurou causas biológicas para as patologias e não as explicações mágico-religiosas vigentes em sua época, desenvolveu a Teoria Humoral, ele atribuía os males dos homens a um desequilíbrio em algum dos quatro humores: bile negra, bile amarela, fleugma e sague. Segundo esta teoria a Depressão era creditada ao excesso de bile negra e a Mania ao excesso de bile amarela, esta foi a teoria vigente até o Renascimento.

De uma forma geral dá para dizer que os Transtornos de Humor Bipolares são um grupo de transtornos onde há alteração entre sintomas depressivos e de euforia. Os episódios depressivos têm a mesma característica da Depressão unipolar. Os episódios de euforia são chamados de Mania ou Hipomania, desta forma, o Transtorno Bipolar é caracterizado por episódios de Mania ou Hipomania intercalados com episódios depressivos.

Devem ser afastadas causas médicas e efeitos de substâncias psicoativas como causas da Depressão ou Mania/Hipomania, por este motivo, você deve informar seu médico sobre o uso de quaisquer substâncias lícitas ou ilícitas ou medicações prescritas e ele solicitará exames laboratoriais para descartar patologias físicas que possam mimetizar o Transtorno do Humor Bipolar.

Antes de abordarmos o Transtorno de Humor Bipolar precisamos definir o que é Mania e Hipomania.



O que é Mania?



A palavra mania, origina-se do verbo grego Maniw cujo significado era “tornar-se furioso”.





Os critérios para Episódio Maníaco, segundo a American Psychiatric Asociation (2002) são os seguintes:




A. Um período distinto de humor anormal e persistentemente elevado, expansivo ou irritável, durando pelo menos 1 semana (ou qualquer duração, se a hospitalização é necessária).

B. Durante o período de perturbação do humor, três (ou mais) dos seguintes sintomas persistiram (quatro, se o humor é apenas irritável) e estiveram presentes em um grau significativo:

(1) auto-estima inflada ou grandiosidade

(2) necessidade de sono diminuída (por ex., sente-se repousado depois de apenas 3 horas de sono)

(3) mais loquaz do que o habitual ou pressão por falar

(4) fuga de idéias ou experiência subjetiva de que os pensamentos estão correndo

(5) distratibilidade (isto é, a atenção é desviada com excessiva facilidade para estímulos externos insignificantes ou irrelevantes)

(6) aumento da atividade dirigida a objetivos (socialmente, no trabalho, na escola ou sexualmente) ou agitação psicomotora

(7) envolvimento excessivo em atividades prazerosas com um alto potencial para conseqüências dolorosas (por ex., envolvimento em surtos incontidos de compras, indiscrições sexuais ou investimentos financeiros tolos)

C. Os sintomas não satisfazem os critérios para Episódio Misto

D. A perturbação do humor é suficientemente severa para causar prejuízo acentuado no funcionamento ocupacional, nas atividades sociais ou relacionamentos costumeiros com outros, ou para exigir a hospitalização, como um meio de evitar danos a si mesmo e a outros, ou existem aspectos psicóticos.

E. Os sintomas não se devem aos efeitos fisiológicos diretos de uma substância (por ex., uma droga de abuso, um medicamento ou outro tratamento) ou de uma condição médica geral (por ex., hipertiroidismo).

Nota: Episódios tipo maníacos nitidamente causados por um tratamento antidepressivo somático (por ex., medicamentos, terapia eletroconvulsiva, fototerapia) não devem contar para um diagnóstico de Transtorno Bipolar

Imagem do Google
Textoda pesquisa;http://www.psicmed.com.br/tbipolar_16.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Crianças Felizes Demais Nosso Blog!