Seguidores do Saber !

Direitos de Imagens

Direitos de Imagens
Toda imagem visualisada neste blog,são de origem do Google

domingo, 7 de novembro de 2010

Meu filho foi diagnosticado com hiperatividade





Vamos falar sobre o TDAH -Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade.
Antes de qualquer coisa, quero aconselhar que tenham muito cuidado. Apenas bons especialistas podem fazer o diagnóstico.
Cada vez mais professores e familiares com boas intenções rotulam crianças levadas ou agitadas com esse transtorno, isso é muito sério. Rotular a criança e medicamentos inadequados podem agravar os sintomas.

Existem incertezas a respeito do TDAH e suas causas, mas trata-se de um transtorno neurobiológico e comportamental descrito como resultado de alterações no funcionamento de alguns neurotransmissores.
Diagnóstico feito, continue atenta e siga as recomendações médicas. Algumas dicas podem ajudar a família e a criança que apresenta TDAH. O legal é que essas dicas também podem ajudar crianças agitadas e inquietas, mesmo que não apresentem TDAH.

Seu filho é muito agitado ou foi diagnosticado hiperativo? Segue abaixo algumas dicas:

* Estabeleça regras muito claras, para a criança e para a família. Fazer quadros com ilustrações pode ajudar. Quando introduzi-las, faça isso olhando nos olhos da criança e peça que ela repita.
* Siga rotinas. Crianças precisam de horários previsíveis para comer, dormir, etc. Principalmente crianças que apresentam TDAH.
* Use o tempo livre para fazer atividades com a criança, isso ajuda a fortalecer o vínculo, o que pode ser difícil quando se relaciona com uma criança que tem dificuldade de manter a atenção e está sempre inquieta porque isso pode irritar o cuidador. Atividades que fazem gastar energia física são ainda mais benéficos para ajudar a criança a focar.
* Punições não devem vir em forma de restrições de exercícios, reforços positivos (elogios e prêmios) tendem a funcionar melhor.
* Evite excesso de estimulação. A TV, por exemplo, deve ser restrita a cerca de 2 programas por dia, a noite a TV deve ser evitada. O estresse, como tensão na família ou luto, tende a fazer o auto-controle ainda mais difícil para a criança.

A família é um sistema, o que acontece de um lado é sentido no outro.
Fiquem atentas sempre e qualquer dúvidas estou à disposição,

Um grande abraço da psicóloga Carol Moreira.
Carolina Moreira Marquez
Grupo de Psicólogos Mosaico


Olá, mamães! Aqui é Carol Moreira, psicóloga.
Aqui quem fala é a psicóloga Carol Moreira. E hoje vamos falar de hiperatividade.
Fonte do texto com alteração da introduçao do blog
http://falamamae.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Crianças Felizes Demais Nosso Blog!