CLIQUE EM Nossos anuncios.

CLIQUE EM Nossos anuncios.

Seguidores do Saber !

Direitos de Imagens

Direitos de Imagens
Toda imagem visualisada neste blog,são de origem do Google

sábado, 24 de abril de 2010

Qual diferença de Bipolar e TDAH /DDA


Essa é uma questão muito delicada e infelizmente muitos profissionais que ainda desconhecem o TDAH / DDA acabam diagnosticando erroneamente o portador de TDAH / DDA como Bipolar ou vice-versa. Existem muitas semelhanças, nos dois casos há alterações de humor: o indivíduo alterna excitação (onde pode ocorrer agitação, hiperatividade, agressividade, impulsividade ou compulsão, a busca de novidades, a falta de noção do perigo) com a depressão.



No entanto, a pessoa com TDAH / DDA nasce com sintomas que já a prejudicam desde pequena. Mesmo no caso dela não ser hiperativa fisicamente, o prejuízo se dará na dificuldade de prestar atenção nas aulas, nas tarefas escolares, na desorganização, na impulsividade e/ou no relacionamento social, com comprometimento da sua auto-estima.

Já no caso do Transtorno Bipolar esses sintomas aparecem mais tarde, a partir dos 15 anos ou mais comumente na idade adulta.

No estágio da mania, o Bipolar sente-se poderoso, seguro, com uma euforia e grandiosidade imensas já o TDAH / DDA mesmo quando está na compulsão, continua com sua auto estima comprometida sentido-se sempre culpado quando não consegue controlar seus impulsos.

Outro diferencial acontece na durabilidade das fases. No Bipolar, mesmo no caso mais leve, como o hipomaníaco cada fase dura no mínimo 3 dias, sendo que o mais comum a duração de semana(s). O TDAH / DDA oscila mais rapidamente podendo alternar essas fases num mesmo dia.

No entanto o TDAH / DDA pode ter um agravamento de seus sintomas quando não é devidamente diagnosticado e tratado, podendo vir a ter como Comorbidade o Transtorno Bipolar. Quando isso acontece, suas compulsões começam a trazer-lhe conseqüências sérias para sua vida (dívidas imensas ou alcoolismo ou drogadição ou sexo compulsivo sem segurança, etc) gerando o aumento da depressão.

Nesse caso é fundamental o diagnóstico correto para que junto com o estimulante do córtex frontal a pessoa tome também um estabilizador de humor.

TDAH ou DDA? Qual a diferença, qual é o correto?

Popularmente o transtorno costuma ser chamado de DDA (Distúrbio de Déficit de Atenção). Isso porque é mais fácil de se falar e porque nem todos têm o H do hiperativo mas todos são desatentos (com poder de hiperconcentração quando motivados ou desafiados).

Oficialmente no entanto, o nome correto é TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade) uma vez que Distúrbio tem a característica de ser passageiro(ex: distúrbio estomacal) e Transtorno não, ele é crônico como no caso do TDAH. E mesmo no caso do Tipo Desatento a hiperatividade mental sempre está presente.

Posso fazer várias atividades ao mesmo tempo?

(pergunta feita à "Emoção&Inteligência" edição especial da Revista Superinteressante e respondida por Cleide em Setembro/2006

Exames comparativos feitos com imagens de ressonância magnética comprovam que nosso cérebro só consegue processar uma tarefa de cada vez, enquanto as outras "aguardam na fila" para serem executadas. Isso explica a quantidade de erros cometidos por quem costuma fazer muitas coisas simultaneamente.

Em geral, esse tipo de comportamento acontece com quem tem Transtorno de Déficit da Atenção e Hiperatividade TDAH / DDA. A pessoa pensa em vários assuntos ao mesmo tempo e faz uma coisa já pensando em outras. Impulsiva, interrompe o que está fazendo para iniciar outra atividade e acumula intermináveis tarefas começadas. Ela sente dificuldade de se concentrar e comete erros por distração com facilidade.

fonte da pesquisa
Imagem do google
http://obipolar.com/

Um comentário:

  1. DDA ou bipolar o que será que será?
    A cada dia que passa acredito estar mais perto da resposta porém as vezes um site contra diz o outro tudo é muito complexo e como posso saber qual é o certo o único que tenho certeza de que é correto são dos livros de especialistas porém poucos falam de suas diferenças e sim de cada um individualmente e mesmo sabendo um pouco sobre os os dois penso que sinto sintomas de um dda porém nem sempre o sinto e já não tenho a certeza do distúrbio que tenho ao certo.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget

Crianças Felizes Demais Nosso Blog!